Projeto Fraude Zero para consumidor não cair em cilada na Black Friday


Postado em: 25 nov 2014


Projeto Fraude Zero para consumidor não cair em cilada na Black Friday

Em parceria com o Reclame Aqui e com o Baixou, o Catraca Livre lançará uma série de dicas para ajudar o consumidor a estar preparado para o dia mais importante do ano no varejo eletrônico.

O Reclame Aqui, um dos principais sites brasileiros de direito do consumidor,  fará um monitoramento 24 horas dos sites participantes e investigará reclamações dos usuários em tempo real.

“Estaremos atentos às reclamações que forem feitas no site e além disso faremos um monitoramento de lojas, tanto as que participam do evento, quanto as que não estão vinculadas oficialmente. Problemas como maquiagem de preços, sites que ficam fora do ar, falta de produtos e valores errados, são as principais reclamações e nossa equipe estará preparada para informar os consumidores”, conta Maurício Vargas, diretor do Reclame Aqui.

Já o Baixou, especialista em monitoramento de valores de produtos do e-commerce, desenvolveu o plugin Baixou Agora (faça o download aqui) para impedir que o consumidor não faça parte da chamada “Black Fraude” – quando empresas apenas simulam descontos em seus produtos. O aplicativo permite acompanhar as variações de preços de um determinado produto, o menor valor encontrado e ainda selecionar o período da pesquisa.

“A Black Friday é uma das datas com a maior movimentação no e-commerce nacional e, nos últimos anos, apresentou um alto índice de preços inflacionados. Com a ajuda do plugin ‘Baixou Agora’ os consumidores conseguirão economizar, não ter problemas depois de realizar a compra e ter a facilidade e a praticidade de não precisar sair da loja para pesquisar e encontrar os melhores preços”, explica Patrick Nogueira, CEO do Baixou.

Black Friday Legal

A Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico (Câmara E-net) reeditou um código de ética que garante o selo “Black Friday Legal” ao site que aderir. As empresas que ganharem o selo se comprometem a oferecer descontos de verdade e não maquiar preços durante a promoção. Até agora, 112 lojas já se inscreveram para participar da Black Friday, inclusive comprometendo-se a não maquiar preços e oferecer descontos reais no preço final. A expectativa é de que, até o final das inscrições, mais de 150 estabelecimentos confirmem a participação na ação de vendas.
Não bastar ter o selo. Compare antes de comprar.

Veja mais comparadores de preços

Zoom

O site de monitoramento de preços identificará as promoções verdadeiras com o selo Black Friday. As ofertas serão monitoradas em tempo real e comparadas com os preços praticados anteriormente. Além disso o site disponibilizará especialistas através do Twitter, Facebook e e-mail para ajudar a tirar as dúvidas dos consumidores sobre ofertas de produtos de alguns segmentos: bebê e criança, casa, esporte e lazer, tecnologia, livros, música e moda.

Bizoo

O Bizzo acompanha p histórico de preços praticados por todas as lojas e oferece um recurso extra ao registrar imagens das ofertas. O site nasceu para viabilizar descontos personalizados e está em fase de testes, mas já permite pesquisar preços.

Buscapé

O tradicional site de comparação de preços disponibiliza um histórico de valores dos produtos buscados e é possível verificar os comentários de outros usuários sobre suas experiências. Usuários cadastrados podem comprar direto sem precisar fazer cadastro nos sites das lojas.

Reputação

É fundamental ter certeza de que a loja faz a entrega, cumpre o prazo e garante que o pedido chegue ao endereço de destino em perfeito estado.

Atualmente uma série de sites ajudam o consumidor intermediando problemas com as lojas e alertando sobre quais estabelecimentos devem ser evitados. O app “Reclamigão” reúne as avaliações e reclamações dos sites Reclame Aqui, Procon,Reclamão, Ebit, Consumidor.gov.br e Denuncio.

Fonte: catracalivre.com.br



Support